Master Group | Transplante Capilar FUE

www.transplantecapilar.pt | +351 937 553 261 | +351 210 168 281 | Equipa médica altamente especializada em transplante capilar pela técnica FUE

Latisse para a falta de Pestanas

 Por dra. Flávia Barsali

Qual mulher não gostaria de ter pestanas longas, fartas e volumosas? Agora não só de máscaras e permanentes vivem as pestanas de uma mulher. Comercializado desde 2009 nos Estados Unidos o “Latisse®” promete tornar as pestanas mais fortes, escuras e longas em apenas 8 semanas.

O Latisse® foi desenvolvido pela Allergan, o mesmo laboratório que desenvolveu o BOTOX produto que ficou famoso por tratar as ruguinhas inestéticas do rosto. O princípio activo do Latisse® é o Bimatoprost, medicamento utilizado já faz alguns anos em forma de colírio (LUMIGAN®) no tratamento da hipertensão ocular e Glaucoma. Observou-se que os usuários do Bimatoprost  ficavam com pestanas mais escuras e longas e daí surgiu a idéia de investigar esse efeito e  então foi lançado um produto específico para esse fim.

Ao que parece o produto consegue alongar a fase de crescimento das pestanas além de estimular o crescimento das mesmas. Os resultados começam a ser vistos com 4 semanas de utilização e atingem o seu máximo em 16 semanas. Se interromper a utilização o efeito desejado cessa e em 5 meses as pestanas já voltariam ao seu aspecto normal.

Mas como nem tudo é perfeito, sabe-se que o crescimento das pestanas pode não acontecer por igual, ou seja, podem algumas ficar mais longas que outras. E como qualquer outro medicamento, também há contra-indicações e efeitos indesejados. Entre os efeitos indesejados mais comuns estão o prurido (comichão), vermelhidão e escurecimento das pálpebras, efeitos que costumam cessar com a interrupção do uso e o escurecimento da íris (parte colorida do olho), este que é irreversível.

O medicamento vem com 60 aplicadores descartáveis, 1 para cada olho para o uso durante 30 dias. Recomenda-se aplicar à noite diretamente sobre as pestanas com a pálpebra desmaquilada e seca. Também convém retirar as lentes de contacto antes e repô-las apenas 15 minutos após a aplicação do produto pois o Latisse contém cloruro de benzalcônio que pode danificar as lentes.

O Latisse está disponível nos Estados Unidos desde 2009 e no Brasil desde 2011, já para adquirir o Latisse em Portugal, ainda há que esperar pela aprovação do INFARMED. De toda forma vale lembrar que apesar de ser um produto com fins estéticos não deixa de ser um medicamento e deve ser usado apenas com indicação médica

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Information

This entry was posted on 23 de Outubro de 2013 by in curiosidades and tagged , , , , .

Navegação

%d bloggers like this: