Master Group | Transplante Capilar FUE

www.transplantecapilar.pt | +351 937 553 261 | +351 210 168 281 | Equipa médica altamente especializada em transplante capilar pela técnica FUE

Adeus caspa!

Um dos problemas que mais perturba homens e mulheres no que se relaciona com os cabelos é a caspa. Poucos o admitem, mas a estatística prova que pelo menos 40% da população sofre com as escamas brancas que ficam evidentes nas roupas especialmente aquelas de cores mais escuras.

As causas podem ser diversas e os tratamentos também variam necessariamente em função dos  tipos de cabelos e da génese geral do problema ainda assim hoje deixamos um conjunto de verdades sobre esta matéria, desmistificando também algumas ideias que pouca verdade contêm.

Assim e em primeiro lugar quando a questão que se coloca é a de saber se o Inverno te alguma influência direta em relação à caspa, convém antes de mais esclarecer que a célula do couro cabeludo de quem padece de caspa se renova a cada 15 dias, sendo que período normal é de 30 dias. Essa renovação acelerada faz com que as células percam a adesão ao couro cabeludo, levando à sua descamação. Com efeito e uma vez que este quadro tende a agravar-se com o frio, sobretudo pelo facto das temperaturas da água dos banhos aumentar significativamente e por causa da desidratação natural, tendem a agravar um potencial caso de caspa.

 

Por outro lado e uma vez que a caspa deixa o couro cabeludo muito mais sensível é natural que os cabelos se tornem potencialmente mais sensíveis a eventuais agressões externas. Isto significa que o uso em excesso de condicionador, o uso do secador ou até mesmo a aplicação de determinados produtos químicos e tintas deve ser acautelado como potenciais fatores de agravamento desta situação.

Ainda em relação à caspa convém sublinhar que esta é uma doença que não tem cura ,mas pode ser bem controlada através da utilização de determinados champôs com fórmulas ativas de combate à caspa como sejam o cetoconazol. o ácido salicílico, a piroctona olamina, o zinco e até mesmo o alcatrão que ajudando à diminuição da oleosidade do cabelo, ajudam ainda a remover a descamação e combatem os fungos e as bactérias que estão em desequilíbrio no couro cabeludo.

Na utilização destes produtos fica no entanto a dica. Deixe o champô anti-caspa agir no couro cabeludo pelo menos durante 3 ou 4 minutos antes de enxaguar. Posteriormente faça uma massagem no couro cabeludo, tendo o cuidado de não arranhar o couro cabeludo com as unhas pois as mesmas podem danificar a raiz.

Finalmente, recorde-se que estando a caspa associada de modo indelével com o stress ou mesmo como uma alimentação muito marcada pelas gorduras,  o problema pode diminuir   com um maior controlo destes hábitos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: