Master Group | Transplante Capilar FUE

www.transplantecapilar.pt | +351 937 553 261 | +351 210 168 281 | Equipa médica altamente especializada em transplante capilar pela técnica FUE

Oxidação capilar e antioxidantes

Antes de falarmos no concreto do que se trata a oxidação capilar convém primeiramente explicitar um pouco no que consiste a oxidação.

De uma maneira genérica podemos dizer que todas as células do nosso organismo estão dependentes de oxigénio no sentido de transformarem os nutrientes que ingerimos em energia. Ora o processo pelo qual esse oxigénio é queimado é aquilo que podemos designar como sendo a “oxidação”.

Todavia, ao mesmo tempo que promove a libertação de energia a oxidação é também responsável pela libertação de moléculas instáveis de cargas negativas, conhecidas como os radicais livres que por possuirem uma carga negativa tendem a associar-se a outras moléculas, fazendo-as reagir e oxidar. No sentido de evitar estes efeitos negativos o corpo é responsável pela produção de enzimas que protegem o nosso organismo de 99% da oxidação que acontece no nosso organismo.

No entanto, o que se observa é que estes radicais livres não são apenas produzidos pelo nosso corpo, mas são também frequentemente consequência de fatores externos como sejam as radiações, a poluição externa, o fumo do tabaco, o álcool, o stress, a falta de sono ou mesmo a ingestão de muitas gorduras saturadas. Quanto maior for a exposição a estes fatores externos, maior a acumulação de radicais livres no organismo o que pode em última análise conduzir mesmo a um desenvolvimento de células cancerígenas.

Por essa razão é que o antioxidantes são de extrema relevância pois os mesmos são moléculas com carga positiva que associando-se aos radicais livres torna-os inofensivos para o nosso organismo.

São fontes de antioxidantes as vitaminas A. E. C. o Zinco, o Selênio, as Isoflavonas, ou a Catequinas, entre outros. Isto significa que regra geral uma alimentação saudável que contempla inúmeros vegetais, frutas, leguminosas, cereais e hortaliças pode ser uma ótima proteção contra o excesso de radicais livres.

Ora tal qual como acontece com o nosso organismo, também a oxidação capilar se consubstancia num desgaste dos fios de cabelos, quer por causas naturais, quer motivada pela exposição a determinados fatores externos como o sol, a poluição, as colorações, os tratamentos de alisamento, os secadores, o vento, o mar, a água da piscina etc.

Também nestes casos a ingestação de alimentos que contenham vitaminas A, C e E bem como produtos de proteção solar podem ser importantes. Por essa razão também nos casos de combate à oxidação capilar a alimentação saudável pode ser considerada fundamental.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: